Anuncie seu veículo já

Nissan aprimora as baterias dos carros elétricos

Novo método de análise promete impulsionar a capacidade das baterias de íon-lítio

A <a href="http://www.comprecar.com.br/busca/?busca=Nissan&tipo=1">Nissan</a> Motor Co. Ltda. e sua subsidiária <a href="http://www.comprecar.com.br/busca/?busca=Nissan&tipo=1">Nissan</a> Arc Ltda. anunciaram o desenvolvimento de uma metodologia de análise atômica que auxiliará na melhora da performance das baterias ion-litío e, eventualmente, estenderá a autonomia dos veículos elétricos.
 
A nova análise examina a estrutura de monóxido de silício amorfo (SiO), amplamente visto como ponto-chave para impulsionar a capacidade da próxima geração de baterias ion-litío, permitindo que os pesquisadores possam entender melhor e estrutura dos eletrodos durante ciclos de recarga.
 
O silício (Si) é capaz de armazenar grandes quantidades de lítio quando comparado a materiais comuns de base de carbono, mas, na forma cristalina, possui estrutura que se deteriora durante os ciclos de carga, impactando na performance. Entretanto, o SiO amorfo é resistente a tal deterioração.
 
Sua estrutura-base era desconhecida, dificultando o processo para que fosse fabricado em massa. A nova metodologia, porém, fornece um entendimento preciso da estrutura amorfa de SiO, baseado numa combinação de análise estrutural e simulações feitas em computador.
 
A estrutura atômica do SiO foi pensada para ser heterogênea, tornando seu arranjo atômico preciso o tópico do debate. As novas descobertas mostram que sua estrutura permite o armazenamento de um grande número de Li ions, gerando melhor performance da bateria.